Hélio Oiticica A PINTURA DEPOIS DO QUADRO

Hélio Oiticica (Rio de janeiro, 1937 / Rio de Janeiro, 1980) / 43 anos


Foi um pintor, escultor, artista visual e performático de aspirações anarquistas. É considerado um dos maiores artistas da história da arte brasileira.



Porque foi muito importante?

Porque, por meio de suas obras, realizadas entre o final dos anos 1950 até o final dos anos de 1970, ele expôs suas ideias questionadoras sobre arte e sobre a cultura onde ela existe.


1954 -55: Começa a estudar pintura com - Ivan Serpa ( 1923 – 1973) no MAM

Rio de Janeiro.


Ivan Serpa - 1953



O grupo Frente (Rio de Janeiro) fazia oposição ao grupo Ruptura (São Paulo).


Hélio Oiticica - Sem título (Grupo Frente),

1955. guache sobre cartão 50 x 56 cm



Waldemar Cordeiro ( São Paulo) Grupo Ruptura

Arte Concreta


Oiticica entra em contato com o Grupo Frente e participa da 2ª. exposição do grupo no MAM. Os encontros com Lygia Clark (1920-1988), Ferreira Gullar (1930) e Mário Pedrosa (1900-1981) acontecem, provavelmente, nesse período.

Início de suas pinturas geométricas abstratas.


1956: Oiticica inicia a produção da série Metaesquemas