top of page

Paul Cézanne

1839 / 1906 - 67 anos





Sainte-Victoire, uma montanha de pedra calcária branca com vista para a cidade, e a zona rural periférica foram temas frequentes de suas obras.


Cézanne foi obcecado pela imponência dessa montanha, e pintou-a mais de sessenta vezes entre desenhos e pinturas, com crescente liberdade.


Nesta tela abaixo, a derradeira da série e de sua vida, a sucessão de camadas de tinta fluída utilizadas para sugerir as figuras da paisagem torna-se um quase abstrato mosaico de cores.


A Montanha de Santa Vitória, 1904-06; óleo sobre tela, 73 x 90,5 cm,

Paul Cézanne, Museu de Arte de Filadélfia, Estados Unidos



























Foi um pintor pós-impressionista , cujo trabalho forneceu as bases da transição das concepções do fazer artístico do século XIX para a arte radicalmente inovadora do Séc.XX.


Cézanne pode ser considerado como a ponte entre o impressionismo do final do Séc.XIX e o Cubismo do início do Séc XX. A frase atribuída a Matisse e Picasso, de que Cézanne "é o pai de todos nós", deve ser levada em conta.




Cézanne cultivava sobretudo a paisagem e a representação de naturezas mortas, , mas também pintou figuras humanas em grupo e retratos.



Auto- Retrato – 1880 / Musée du Louvre

 

LÚCIA CASTANHEIRA ESCOLA DE ARTES


fale@luciacastanheira.com


31 9 84979168


RUA SÃO PEDRO DA UNIÃO, 106, SION - BELO HORIZONTE

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page