top of page

PIET MONDRIAN

Atualizado: 4 de abr. de 2022

Foi um pintor holandês, que despontou no começo do século XX e sua obra virou um símbolo poderoso da modernidade. Nasceu em Amersfoort, em 1872 e faleceu em New York em 1944.


Inicia os seus estudos em Amsterdã e depois viaja pelo interior onde pinta fazendas, residências campestres e estábulos.


“Fazenda com salgueiros ao longo do Gein" -(1902-1904) - óleo s/ tela s/ painel.



"O Gein: árvores à beira d'água" (1906-1907).

Quando era iniciante pintava paisagens, mas já revelava uma inquietação peculiar ao moldar a natureza, os moinhos e as igrejas com uma visão geométrica do mundo.



“O Moinho Vermelho” - 1910.


“Campanário em Zeeland” - 1911.


O CHOQUE DAS CORES PRIMÁRIAS


Mondrian foi influenciado primeiramente pelos pós-impressionistas Van Gogh, George Seurat e Paul Cézanne, e pelo cubismo inicial de Pablo Picasso entre 1908 e 1911.

“Moinho à luz do Sol” - 1908.


Por volta de 1909 começou a pintar em um estilo mais abstrato. Ao longo dos anos, objetos e paisagens foram se decompondo em traços básicos.

Para Mondrian o mínimo era o máximo. “Na natureza, a superfície das coisas é bela, mas sua imitação é sem vida”, dizia ele.



“Evolução” - 1911.


Mondrian pinta o trípico "Evolução" e vai a Paris onde exibe a sua obra no Salão dos Independentes.



“A Árvore Vermelha” - 1909/1910.


Este quadro é uma das primeiras versões de um tema

que o artista repetirá até 1912.


“A Árvore Prateada” - 1911.


Esta versão retoma o tema da árvore eliminando o toque que divide a tela e as vibrações coloridas, muito realistas, mas ainda são visíveis os efeitos de luz concentrados sobre a árvore.



“Macieira em Flor”.


Cerca de 1912. Esta tela esgota as pesquisas de estruturas e composição que utilizam a árvore como tema. O desenvolvimento dos ramos e a relação com a atmosfera são solucionadas por meio de uma rede autônoma de linhas e de cores.



“Composição 3” - 1912.


Mondrian batizou esta tela simplesmente de composição.


O aspecto natural do objeto – neste caso, uma árvore – se perde cada vez mais e acaba por se tornar irreconhecível, o que não acontecia nas obras precedentes.

A estrutura cubista é simplificada, e o objeto pintado desaparece para dar lugar à geometria pura.



Quadro 1 – 1912/ 1913.


Esta obra liga-se novamente a numerosos estudos de um tema caro ao artista.

Ele equaciona com decisão, entrecruzando as horizontais e as verticais. É preciso destacar a extrema delicadeza das cores, escolhidas em uma gama de tons suaves.


“Antigamente, onde se vivia mais em contato com a natureza, a abstração era fácil, feita inconscientemente, agora, em nossa era desnaturada, a abstração se torna um esforço.” ( Piet Mondrian)


Em 1914 volta à Holanda para visitar seu pai enfermo.

Embora a visita deva ser breve, o início da Primeira Guerra Mundial impede seu retorno a Paris e ele permanece na Holanda.



“Composição nº 10, Dique e Oceano” - 1915.


Esta obra é uma das inúmeras composições abstratas de Mondrian.

Os elementos fundamentais do quadro são restritos a dois: verticais

e horizontais que se cortam.



“Composição nº 3 com planos de cores” - 1917.



1918 – Mondrian produz uma série de quadros com composições

em treliça , incluindo uma forma de losango.



Em 1919 retorna a Paris, onde cria composições de linhas verticais e horizontais pretas.

Composição em tabuleiro de damas com cores claras, Mondrian, 1919 –Fazendo uso das cores primárias com branco e cinza.


TEOSOFIA

Quando entrou em contato com a teosofia, encontra em seu ideário : a doutrina pregava o trilhar de um caminho evolutivo pessoal e a arte encaixava-se neste caminho. O contato com a teosofia irá manifestar-se no trabalho de Mondrian e marcará sua vida profundamente daí em diante.

Teosofia refere-se a um conjunto de doutrinas filosóficas, místicas, ocultistas e especulativas que buscam o conhecimento direto dos mistérios presumidos da vida e da natureza, da divindade e da origem e propósito do universo.

Esta escola mística/movimento iniciático propõe que todas as religiões surgiram a partir de ensinamentos de um tronco comum, que foram, de certa forma, recombinando e permutando, nas suas diversas mutações , e que, apesar de comungarem de um tronco comum, acabam muitas vezes por deturpar os ensinamentos da doutrina original.



Composição com vermelho, amarelo e azul - 1921


O Mondrian que nos interessa aqui é aquele que, a partir de 1914, chega à abstração pura e a transforma numa missão ética e estética.

De forma geral, as pinturas geométricas abstratas não tinham centro, pois de acordo com ele as margens têm a mesma importância que o centro. Assim, suas telas representam linhas pretas horizontais e verticais, que formavam quadrados e retângulos pintados com cores primarias.


Segundo o próprio artista, seu objetivo era criar uma arte de "relações puras". Essas "relações puras" passaram despercebidas ao longo da história da arte por causa do interesse pela representação do mundo natural, que distraía o espectador do sentido absoluto e universal, que seria o fundamento primordial da arte.

O Neoplasticismo foi um movimento artístico vanguardista das artes (plásticas, arquitetura, designer, escultura, literatura) que teve início no século XX, sendo seu precursor o pintor neerlandês PietMondrian.



Aqui está uma tela original e uma tela de cabeça para baixo. Você consegue identificar qual é a tela correta?



"Ao olharmos um quadro, não entramos nele pelo centro, apesar de nossa posição ser frontal(...) ao plano pictórico. (...) A nossa tendência sempre é seguir no sentido do relógio: começar no alto do canto esquerdo e, em movimentos sinuosos, encaminhamos ao canto inferior direito. É como se as linhas de energia seguissem a configuração de um "S" invertido.

(Fayga Ostrower)




Tableau 1 losango com quatro linhas e cinzento - 1930



Lozenge Composition with Red, Gray, Blue, Yellow and

Black 1 - 1924/1925.


Principais Características


As principais características da arte neoplástica são:

•Arte abstrata e objetiva

•Uso de formas geométricas simples

•Uso de cores primárias e puras

•Rejeição à simetria e à arte figurativa (arte como representação)

•Eliminação do espaço pictórico tridimensional


A fama o levou a realizar diversas exposições em Paris e Berlim. Em 1940, mudou-se para Nova Iorque, onde passou a se expressar com mais liberdade em seus quadros.

Em vez de linhas pretas, nessa fase as áreas dos quadros eram unidas por cores vivas. “Broadway Boogie-Woogie” (1942) é uma tela desse período, a qual traz uma combinação de cores dispostas em linhas amarelas similares a grades.

O título do quadro é uma homenagem ao estilo musical boogie-woogie, que era muito apreciado pelo artista, um fã de música nova-iorquina.



"Broadway Boogie Woogie" - 1942.


Como disse acima, o impacto do Neoplasticismo foi além das artes visuais, estendendo-se a outros campos. Ao usarem os preceitos do Neoplasticismo em objetos industrializados ou moradias, os designers e arquitetos realizaram o sonho de Mondrian: transformaram a sua arte numa linguagem universal!



"Gerrit Rietveld" (1888–1964).



Casa Rietveld Schroder - 1924.



Prefeitura de Haia.



Saint Laurent x Mondrian: o vestido mais

copiado da história da moda.



Esboços de YSL para a coleção inspirada

na obra de Mondrian.



 

LÚCIA CASTANHEIRA ESCOLA DE ARTES

@ESCOLALUCIACASTANHEIRA

31 9 84979168

RUA SÃO PEDRO DA UNIÃO, 106, BAIRRO - SION / BELO HORIZONTE-MG




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page